Quinta-feira, 12 de Junho de 2008
Trabalho Árduo

Este dois não brincam, até à exaustão. O pormenor do capacete só demonstra que existe segurança no trabalho.




Terça-feira, 10 de Junho de 2008
Vício!

Vício da internet levado ao extremo. E elas que tanto se queixam...



publicado por np às 09:58
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 9 de Junho de 2008
Manual do conhecimento!

Brevemente numa livraria perto de si...


tags:

publicado por np às 11:19
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 6 de Junho de 2008
Perspectiva errada!!


tags:

publicado por np às 15:26
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 2 de Junho de 2008
"Obra prima" - Aluno 6º ano

Retirada textualmente da prova do 6º ano.

Composição do João (6º ano) - Uma obra prima!

 

As rãs:

 Eu gosto muito de rãs. As rãs arrotam a noite toda. As rãs são mais pequenas que as vacas e mais grandes que um pintelho. As rãs não têm pintelhos.

As rãs põem ovos pela paxaxa que depois dão rãzinhas pequenas.Se as rãs tivessem pintelhos na paxaxa arranhavam os ovinhos que são muito pequenininhos e as rãzinhas que estão lá dentro iam morrer porque entrava água pelas arranhadelas e elas morriam afogadas e porque quando são pequenas não têm patas e não sabem nadar.

Eu também ainda não tenho pintelhos mas já sei nadar. Também ainda não tenho paxaxa mas um dia vou ter muitas. As rãs são as mulheres dos sapos.

Os sapos não têm unhas por isso não podem coçar os tomates. É por  isso que eles andam com as pernas abertas a arrastar os Tomates que é para os coçar. E quando se picam nos tomates os sapos dão saltos.  

As rãs também dão muitos saltos, por isso têm a paxaxa sempre aos saltos.

Eu gosto muito de rãs. E gosto muito de sapos.

João, 6º ano

 

Algo nunca visto. Este miúdos andam cheios de imaginação. Ou será que o programa de ensino do 6º ano mudou?

Rir ou chorar?




Sábado, 31 de Maio de 2008
Exercícios de Kegel

Exercícios de Kegel é nome do exercícios criados pelo Dr. Arnold Kegel, ginecologista dos anos 40.

Estes exercícios são muito úteis para quem sofre de incontinência e considerados a melhor forma de prevenção. Estes permitem exercitar os músculos pélvicos que suportam a bexiga e fecham os esfíncteres.

 

Antes de começar, identifique os músculos pélvicos (a forma mais simples para o fazer é interromper o fluxo da urina).

Deitada(o), sentada(o) ou de pé, contraia esses músculos, conte até três e relaxe. Repita o exercício entre 10 a 15 vezes, três vezes ao dia.

 

Estes exercícios trazem benefícios para a mulher, mas também para o homem. Praticados regularmente podem também aumentar o prazer nas relações sexuais e no homem poderá permitir que cheguem ao orgasmo sem ejaculação e até obter vários climaxs durante a actividade sexual.

 

Vamos praticar!!

 


tags:


Segunda-feira, 26 de Maio de 2008
Verdade!

"Negar o desejo do homem de olhar e desejar outras mulher é matar-lhe a sensualidade. Da mesma forma que o é para uma mulher negar-lhe a arranjar-se e sentir-se bela e atraente".

 

Por isso, meninos e meninas sejam democráticos e deixem a vossa cara metade livre dessa opressão. Olhar para outras mulheres (desde que seja mais bonita que a nossa ) não é problema. 

E as mulheres?  Elas adoram sentirem-se desejadas e atraentes. Não lhes neguem essa virtude.

 

Olhem para as outras e deixam os outros olhar a vossa! STOP!




Domingo, 25 de Maio de 2008
Fidelidade e Traição

O grande problema é que a satisfação sentimental e sexual são muitas vezes incompatíveis a longo prazo. São muitas as mulheres e ainda mais os homens, que ao satisfazerem a sua componente sentimental (carinho, atenção, respeito, estabilidade, filhos), começam a sentir falta duma paixão ardente. Algo que as(os) faça vibrar.


Esta é uma das razões pela qual muitas pessoas casadas ou que simplesmente vivem juntas são tentadas por flirts ocasionais. Alimenta a sua necessidade sexual de atracção e aventura emocional que a monotonia de uma vida a dois pode não ser capaz de satisfazer. Neste aspecto as necessidades da mulher aproximam-se da dos homens, com a diferença que as mulheres procuram fundo de estabilidade e satisfação sentimental.

 

Como nos devemos comportar perante uma situação destas? Seguir os desejos do corpo ou permanecer fiel mantendo a vida conjugal impune à traição?

 

Voltem a viver momentos áureos da vida sexual. Fantasiem e deixem de fazer sexo na cama!

 

Uma frase do site "Sapo Mulher" sobre a traição reflecte a actualizade, "a traição é um fenómeno difícil de se mensurar mas parece que as mulheres estão cada vez mais infiéis e que os homens infiéis começam a sentir-se culpados"

Para os mais curiosos: http://mulher.sapo.pt/articles/afectos/relacoes/744756.html



publicado por np às 10:42
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 23 de Maio de 2008
Sexo vs Amor

Perante estas palavras, ficamos na dúvida quando ao significado e suas diferenças.

Numa primeira análise, as semelhanças quanto aos seus significados são evidentes, encaminhando-nos para o mesmo pensamento.

Mas se analisarmos várias interpretações sobre o tema, existe na generalidade diferentes formas de interpretar entre o sexo masculino e feminino.

A mulher sente maior necessidade de fazer amor, recheado de ternura e carinho. O beijo, o abraço transmitem à mulher maior segurança. Fazer amor, implica sentimento, relacionamento com a pessoa amada. Amor é paixão.

Fazer sexo resume-se numa relação física fruto de uma atracção sexual. Como se diz na gíria popular, fazer sexo é f***, podendo ser feito com qualquer um/a. Na minha modesta opinião, considero esta ideia exagerada e conservadora.

Apesar das mulheres desejarem relações mais afectivas, estas também desejam sexo puro na sua essência, mas revelam-se muito mais discretas que o homem, pois a nossa sociedade conservadora reprova as mulheres com esse comportamento. A velhinha mentalidade da mulher que gosta de sexo é "puta", enquanto o homem é o "maior".

Numa relação, sexo e amor devem-se complementar. Sexo sem amor e amor sem sexo tornam uma relação sem vivacidade, entrando num clima de monotonia. Tanto o homem, como a mulher devem partilhar os seus desejos, satisfazendo-os mutuamente.

 

E vocês, preferem fazer sexo ou fazer amor? Será melhor complementar-se?


tags:


Quinta-feira, 22 de Maio de 2008
Sexo virtual

As novas tecnologias trazem destas coisas. Sexo virtual? Seja bem-vindo ao mundo second life...

 

Em resposta ao comentário, é verdade que estas imagens não espelham na realidade o sexo virtual, traduzindo uma perspectiva radical da coisa.

Sexo virtual desvirtualiza o conceito tradicional de sexo, mas não deixa de se tornar uma alternativa interessante àqueles que estão sujeitos à barreira da distância.

Estas novas tecnologias são alvos de suporte para a realização de muitas fantasias sexuais, estando estes separados pela distância ou não. Na minha opinião, é uma experiência interessante mas de nada substitui o contacto físico. Quando é vivido de forma habitual podé destruir a relação afectiva do casal.

 

Mas esta onda do sexo virtual torna-se muitas vezes numa situação desagradável, originado os cinco minutos de fama barata. Informação digital é bastante fácil de guardar e multiplicar, mais parece uma praga. A confiança na "outra pessoa" revela-se muitas vezes na traição e posterior publicação dos vídeos ou fotos. Quem nunca recebeu um e-mail com o título "mais uma que caiu na net", "apanhada pelo namorado" ou "caserinha"?. Semanalmente tenho um a cair no e-mail.

Por isso, tenham cuidado!




.Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Trabalho Árduo

. Vício!

. Manual do conhecimento!

. Perspectiva errada!!

. "Obra prima" - Aluno 6º a...

. Exercícios de Kegel

. Verdade!

. Fidelidade e Traição

. Sexo vs Amor

. Sexo virtual

.pesquisar neste blog
 

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008


Desenvolvido por NP